Personagens



Meu Pratinho Saudável

Dicas de Nutrição

Fruta da Semana

  • Pra ficar calminho
    Rico em vitaminas A, C e do complexo B
    Apresenta boa quantidade de sais minerais, entre eles, o cálcio, ferro, fósforo
    Ótimo calmante natural

    Para saber mais, você pode acessar o site do Meu Pratinho Saudável

  • A força do amarelo
    Alimentos com esse pigmento, como o maracujá, possuem substâncias que favorecem o processo de cicatrização e melhoram a saúde do sistema digestório.

    Para saber mais, você pode acessar o site do Meu Pratinho Saudável

  • Como escolher
    O maracujá ideal para compra é aquele que tem a casca lisa, firme, brilhante e de cor amarelo-clara. Não deve ter furos provocados por insetos, nem rachaduras ou machucados. A casca bem enrugada e a cor amarela – escura indicam que está ótimo para o consumo!

    Para saber mais, você pode acessar o site do Meu Pratinho Saudável

  • Receita Salada colorida:
    Rúcula com agrião, lâminas de manga, tomate-cereja e muçarela de búfala regada com molho de maracujá.

    Ingredientes:

    1 Maço de rúcula higienizado e fatiado
    1 Maço de agrião higienizado e cortado sem os talos mais grossos
    1 Manga descascada e cortadas em lâminas
    1 ½ Caixinha de tomates-cerejas higienizados e cortados ao meio
    12 Unidades de muçarela búfala cortadas ao meio
    Molho
    1 Pote de iogurte natural
    1 Colher de sopa de azeite
    1 Colher de sopa de suco de maracujá
    1 Colher de chá rasa de sal

    Preparo

    - Misturar as folhas higienizadas e coloca-las em um recipiente.
    - Dispor as lâminas de manga, os tomates-cereja e a muçarela de búfala por cima das folhas
    - Para o molho, misturar os ingredientes e temperar a salada.

    Fonte: Livro de Receitas HCor

    É fundamental pedir ajuda de um adulto ao fazer receitas.

    Para saber mais, você pode acessar o site do Meu Pratinho Saudável

  • Como escolher
    O ideal é preferir os melões que têm casca firme, cor viva e sem rachadura. Quando você apertar nas extremidades, o melão maduro deve ceder, e isso indica que ele está muito maduro e deve ser consumido mais rapidamente.

  • Fonte de vitamina A
    O melão é uma boa fonte vitamina A, um importante nutriente antioxidante e é responsável pelo transporte de gorduras no organismo. Por isso, aqui vai um alerta: imunidade baixa, atraso no crescimento, problemas de visão e pele ressecada podem estar relacionados com deficiência de vitamina A. O tratamento é feito por meio da restauração de uma alimentação adequada, isto é, com alimentos ricos em vitamina A e caroteno (substância precursora da vitamina A no organismo). E dependendo do valor da vitamina A presente no sangue, será necessária a administração medicamentosa.

  • Bom para hidratar
    O calor faz com que a criança se desidrate mais rápido e, por isso, a reposição de líquidos deve ser frequente. A água é a principal opção, pois não tem calorias. A hidratação pode ser complementada com água de coco, suco de fruta ou até mesmo frutas in natura como melancia, melão, laranja, pera e abacaxi, que são ricas em água.

  • Suco de bolinhas de frutas

    Ingredientes para 8 copos:

    • 1/4 de melancia
    • 1/2 melão
    • 2 carambolas
    • Suco de 8 laranjas

    Modo de preparo:

    Com um boleador (utensílio para moldar bolinhas de frutas e vegetais), fazer bolinhas de melancia e melão.

    Reservar.

    Lavar a carambola, cortar em fatias e retirar as sementes.
    Dispor as frutas em copinhos e regar com o suco de laranja.
    É fundamental pedir ajuda de um adulto ao fazer receitas.

  • Uva vermelha faz bem para os olhos!
    A uva tem diversas variedades e cores. A uva vermelha tem a coloração dada pelos carotenoides, substâncias antioxidantes, precursoras da vitamina A, essencial para os olhos, boa para o coração e para a memória.

  • Uva roxa faz bem para a pele!
    Alimentos nesse tom contêm niacina (vitamina do Complexo B), minerais, potássio e também vitamina C. Ajudam a manter a saúde da pele, nervos, rins e aparelho digestivo e retardam o envelhecimento. Grande parte dos alimentos roxos possuem ainda um poderoso antioxidante que previne doenças cardíacas.

  • Uva verde faz bem para os dentes!
    Alimentos verdes são ricos em cálcio, fósforo e ferro. Promovem o crescimento e ajudam na coagulação do sangue, evitam a fadiga mental, auxiliam na produção de glóbulos vermelhos do sangue, além de fortalecer ossos e dentes. Se às vezes é difícil convencer as crianças a comer almeirão ou couve, as uvas costumam ser bem aceitas.

  • Cromo assim?
    A uva é fonte de cromo. Um copo de suco de uva, por exemplo, contém 7,5 mcg do mineral, boa parte da recomendação diária para uma pessoa adulta (entre 20 a 35 mcg). O cromo traz benefícios como o controle do colesterol ruim, a redução das variações do humor, alívio dos sintomas da depressão, melhora da fadiga e auxilia no tratamento do diabetes tipo 2.

  • Suco de uva verde

    Ingredientes:

    • 1 copo (200ml) de água de coco
    • 10 uvas verdes sem semente
    • suco de 1/2 limão
    • cubos de gelo (a gosto)

    Modo de preparo:

    Bater todos os ingredientes no liquidificador e consumir.
    Não coar para uma maior ingestão de fibras.

    Dica: Se preferir uma bebida mais cremosa, deixar as frutas no congelador e bater ainda congeladas.

    É fundamental pedir ajuda de um adulto ao fazer receitas.

  • Melhor com casca
    A pera é rica em vitamina A, C, vitaminas do complexo B, fibras e água. A casca contém a maior parte das fibras, por isso, o melhor é comer sem tirá-la

  • Como escolher
    O ideal é escolher as peras de casca firme, mas não tão duras porque essas ainda não estão maduras e são indigestas! Lembrando que a casca não deve ter manchas ou cortes.

  • Popular e resistente
    Originária do sudeste da Europa e Oeste da Ásia, a fruta tem sabor delicado e pode ser armazenada por períodos longos, o que contribuiu para sua popularidade

  • Fruta-manteiga
    A pera tem o apelido de "fruta-manteiga" por derreter na boca. Seu sabor geralmente é bem aceito pelas crianças, o que explica ser uma das primeiras frutas introduzidas após os seis meses de amamentação exclusiva

  • Muffins de pera

    Ingredientes:

    . 180 ml de leite
    . 2 colheres de sopa de óleo
    . 1 ovo
    . 200 g de farinha de trigo
    . 1 colher de sopa de fermento
    . 150 g de açúcar
    . 2 peras médias, maduras mas firmes

    Modo de preparo:

    Sem tirar a casca, retirar o caroço das peras e cortar em cubos pequenos.
    Bater na batedeira o leite, o ovo e o óleo, até ficar uma mistura homogênea.
    Acrescentar a farinha e o açúcar.
    Juntar a pera e mexer com uma espátula.
    Preencher formas untadas ou forradas com papel-manteiga até 3/4 da capacidade.
    Levar ao forno aquecido a 200ºC por cerca de 18 minutos, até um palito inserido no centro sair limpo.

    Rendimento: 8 porções
    É fundamental pedir sempre a ajuda de um adulto ao fazer receitas.

    Salada de Fruta

    Ingredientes

    . ½ mamão picado
    . 1 maçã
    . 1 pera picada
    . 1 laranja cortada em gomos
    . 1 banana cortada em rodelas
    . 1 fatia de melão picado
    . 1 fatia de abacaxi picado
    . ½ xícara de chá de suco de laranja

    Molho:

    . 1 pote de iogurte natural desnatado
    . 1 colher de sopa de mel

    Cobertura:
    . 4 colheres de sopa de farelo de aveia

    Instruções

    Misturar bem todas as frutas com o suco de laranja.
    À parte, preparar o molho, juntando todos os ingredientes.
    Mexer bem, e despejá-los sobre as frutas.
    Salpiquar a aveia sobre a salada de frutas e servir em seguida.

    Rendimento: 4 porções
    É fundamental pedir sempre a ajuda de um adulto ao fazer receitas.

    Torta integral de pera

    Ingredientes:
    . 4 peras maduras descascadas e fatiadas
    . 1 xícara de chá de farinha de trigo integral
    . 2 colheres de sopa de semente de linhaça moída
    . 2 colheres de sopa de cacau em pó
    . ½ xícara de açúcar mascavo + 3 colheres de sopa
    . ½ xícara de aveia em flocos grossos
    . Creme vegetal para untar o prato
    . 1 colher de sopa de essência de baunilha
    . 200 ml de leite em temperatura ambiente
    . Caldo (sumo, suco) de 1 limão
    . Canela em pó a gosto

    Modo de preparo:
    Descascar as peras e remover as sementes.
    Cortar em fatias de espessura média e colocar em uma travessa onde possa espalhar bem as fatias.
    Espremer o limão sobre as fatias. Dependendo do tamanho do limão que for utilizar, talvez precise mais de um para cobrir as peras. Isto é necessário para que as mesmas não escureçam.
    Reservar enquanto prepara o restante da receita.
    Em uma vasilha separada, misturar a farinha de trigo, o cacau em pó, a linhaça moída, a canela e ½ xícara de açúcar mascavo.
    Preparar um refratário fundo de tamanho médio untando bem com creme vegetal.
    Colocar uma camada fina da mistura de farinha, uma camada das fatias de pera, cobrir as fatias de pera com mais uma camada da mistura de farinha com açúcar e seguir alternando as camadas até que terminem todos os ingredientes.
    Tomar o cuidado de não encher muito o prato, porque esta receita cria bastante liquido enquanto está assando e pode transbordar.
    Cobrir tudo com o leite e a baunilha.
    Ajeitar nos cantinhos com o auxílio de uma colher, para ter certeza de que o líquido penetrou na parte inferior da torta.
    Por último, fazer uma mistura da aveia em flocos grossos com as 3 colheres de sopa de açúcar mascavo e um pouco de canela se desejar. Não usar muita canela, a menos que você realmente goste. A canela tem um gosto muito forte, e pode descaracterizar o sabor da torta. Espalhar com um garfo sobre a superfície da torta. Esta última camada vai deixar a torta crocante.
    Não é necessário cobrir o refratário. Levar ao forno por mais ou menos uns 30 minutos, ou até dourar.
    Servir quente ou gelada, como preferir. Fica uma delícia servir ainda morninha com uma bola de sorvete de baunilha em cima.

  • Rica em vitamina C, que previne resfriados
    Rica em fibras, que ajudam na diminuição do colesterol sanguíneo e no aumento da saciedade

  • Na hora de escolher, prefira as mais firmes e pesadas (pois tem mais suco!). As variedades de laranja que têm casca lisa e fina são mais suculentas!

  • Alimentos amarelos ou alaranjados também contêm carotenoides. Muitos possuem vitamina C, essencial para a imunidade.
    Outros exemplos: abóbora, batata baroa/madioquinha, caju, cenoura, mamão, manga, nectarina, tangerina etc.

  • Receita de Smoothie Mix de Frutas

    Ingredientes:

    · 150 ml de suco de laranja congelado (coloque em forminhas de gelo e leve ao congelador);
    · 150 ml de leite gelado;
    · Polpa congelada de 1 maracujá;
    · 1 fatia de abacaxi;
    · 1 maçã pequena;
    · 1 colher de sopa de açúcar (opcional).

    Modo de preparo:

    Bater todos os ingredientes no liquidificador e sirva imediatamente.
    É fundamental pedir sempre a ajuda de um adulto ao fazer receitas.




    Receita de Bolo de laranja

    Ingredientes

    · 6 ovos
    · 3 colheres de sopa de margarina
    · 3 xícaras de chá de açúcar
    · 3 xícaras de chá de farinha de trigo
    · 1 e 1/2 copo de suco de laranja
    · 1 pitada de sal

    Instruções

    1. Bater as gemas, o açúcar e a margarina.
    2. Adicionar o suco de laranja e a farinha de trigo aos poucos. Bater bem.
    3. Desligar a batedeira, colocar claras em neve e o fermento.
    4. Levar ao forno em forma untada por 40 minutos.
    5. DICA para acompanhar no café da manhã: 1 copo (200ml) de suco de melão e 1 unidade (20g) de queijo processado industrializado light.

  • Bem aceito pelas crianças, o mamão é fonte de vitamina A, um importante nutriente antioxidante, responsável pelo transporte de gorduras no organismo. Aqui vai um alerta: imunidade baixa, atraso no crescimento, problemas de visão e pele ressecada podem estar relacionados com deficiência de vitamina A.

    Essa condição é comum entre os 2 e os 6 anos de idade, principalmente em crianças que tiveram dietas deficientes de alimentos ricos em vitamina A, menos de 6 meses de aleitamento materno exclusivo ou vivem em locais com saneamento básico precário.

    O tratamento é feito por meio da restauração de uma alimentação adequada, isto é, com alimentos ricos em vitamina A e caroteno (substância precursora da vitamina A no organismo). E dependendo do valor da vitamina A presente no sangue, será necessária a administração medicamentosa, orientada pelo pediatra.

  • Na hora de escolher o mamão na feira ou mercado, o melhor é evitar comprar se ele estiver manchado. O ideal é preferir aquele com tons amarelo/alaranjado, isso significa que ele está no ponto.

  • Alimentos amarelos ou alaranjados, como o mamão, contêm carotenoides. Muitos possuem vitamina C, essencial para a imunidade.

    Exemplos: abóbora, laranja batata baroa, caju, cenoura, manga, nectarina, tangerina, etc.

  • O mamão é rico em fibras, por isso tem a fama de ajudar a soltar o intestino. Uma fatia pequena, contém 1,8 g de fibra. A dieta é a medida mais importante na prevenção e no tratamento do intestino preso. É importante dar preferência aos alimentos in natura e integrais com maior quantidade de fibras insolúveis. Vale lembrar que a recomendação de fibras para crianças saudáveis, com idade superior a dois anos, é de no mínimo igual a idade em anos + 5, sendo o resultado expresso em gramas por dia. Essa regra é válida também para adolescentes até 20 anos.

    Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a prisão de ventre pode ser definida como a eliminação de fezes endurecidas, com esforço, dor ou dificuldade, associada ou não a aumento do intervalo entre as evacuações, escape fecal e sangramento em torno das fezes. A prisão de ventre, normalmente, está relacionada ao baixo consumo de alimentos ricos em fibras e de água, além de outros hábitos alimentares pouco saudáveis. As fibras alimentares são definidas como carboidratos que não são digeridos e absorvidos pelo organismo, com exceção da lignina. Elas são importantes para a formação do bolo fecal e para o estímulo dos movimentos intestinais (peristaltismo). As fibras podem ser solúveis e não solúveis. Ambas podem auxiliar na prevenção e no tratamento da prisão de ventre. Vale lembrar que os alimentos possuem, em geral, os dois tipos de fibras.

    É preciso lembrar-se da água, sem ela as fibras não desempenham o seu papel de maneira adequada. As fezes ficam mais ressecadas e fica mais difícil sua eliminação. Agora ficou fácil prevenir a prisão de ventre e estimular uma alimentação saudável para o seu filho.

  • Prefira as maçãs de cor viva, firmes e pesadas em relação ao tamanho. A casca deve ser lisa, sem depressões ou machucada.

    Para mais informações, você pode visitar o site do Meu Pratinho Saudável

  • Ajuda a diminuir o colesterol do sangue
    Com casca, ajuda na constipação, e sem casca, nos episódios de diarreia
    Auxilia na higiene bucal

  • A maçã é uma boa fonte de fibras, que ajudam no bom funcionamento do intestino. Além de consumir alimentos ricos em fibras, é importante tomar bastante água.

    Alimento Porção Quantidade de fibras (g)
    Laranja com bagaço 1 unidade média 1,4
    Abacaxi 1 fatia pequena 4,7
    Maçã com casca 1 fatia pequena 1,6
    Ameixa fresca 1 fatia pequena 1,0
    Mamão 1 fatia pequena 1,8
    Pão de forma integral 1 fatia 1,7
    Arroz integral 1 colher de servir 1,4
    Feijão 1 concha pequena 5,0
    Brócolis cozido 1 buquê pequeno 0,7
    Beterraba crua ralada 1 colher de sopa 0,5
    Cenoura crua ralada 1 colher de sopa 0,4
    Espinafre cru 1 ramo 0,5
    A maçã contém 85% de água e em torno de 60 calorias por 100 g. A presença de açúcares e uma pequena

    quantidade de ácidos orgânicos, principalmente o málico, são responsáveis pelo sabor característico da maçã. Esta fruta tem dois componentes importantes: o potássio e a pectina – um tipo de fibra solúvel que ajuda no controle das taxas de colesterol.

    Uma maçã tem 5 gramas de fibra, suprindo 20% da necessidade diária de fibras.

    Fonte: http://www.grupofischer.com.br/

  • As frutas, entre elas a maçã, são ótimas fontes de vitaminas e minerais, auxiliam no crescimento e no desenvolvimento da criança, além de fortalecerem o organismo. Sem contar com as fibras e os poderosos antioxidantes, essenciais para a saúde infantil!

    Mas, atenção: NÃO há necessidade de incluir açúcar nas papinhas!

    As frutas já são naturalmente doces, e seu bebê precisa gostar do sabor natural dos alimentos. Por isso, o melhor é elaborar papinhas de diversas formas e sabores. Você pode inventar receitas e incluir sempre frutas diferentes, pois quanto mais colorida, mais diversidades de vitaminas e minerais você oferecerá ao seu filho.

    Mas, logo no início (aproximadamente no sétimo mês), opte por dar papinhas contendo apenas um ingrediente, pois assim a criança descobrirá o sabor de cada frutinha! É importante também amassar bem as frutas, e conforme o bebê vai se desenvolvendo, a textura pode ser mais grossa, menos amassada e com pedacinhos de frutas.

  • Papinha de maçã e ameixa seca:

    Cozinhar 3 ameixas secas sem caroço na água filtrada até que elas fiquem macias. Deixar esfriar e amassar bem. Com uma colher, raspar a polpa da maçã. Misturar as frutas e pronto!

    Bem saborosa e docinha. Esta papa é fonte de fibras, potássio, magnésio, cobre, vitaminas A, B2, B3, B6, C e K. Estes nutrientes ajudam a regular o intestino do bebê, previnem doenças, auxiliam no crescimento e no desenvolvimento dos ossos, além de aumentar a imunidade.

    Pão de Milho, Maçã e Linhaça

    Ingredientes para 10 porções

    1 ovo
    1 xícara (café) de óleo
    ½ xícara(chá) de água filtrada
    ½ maçã grande sem casca
    1 colher (café) de sal
    1 lata de milho verde em conserva ou 1 copo de milho fresco pré-cozido
    1 colher (chá) de vinagre de maçã
    1 xícara (chá) mal cheia de farinha de arroz
    2 colheres (sopa) de polvilho doce
    1 colher (sopa) de farinha de linhaça dourada
    1 colher (sopa) de fermento em pó químico


    Preparo

    Bater no liquidificador, por cinco minutos, os sete primeiros ingredientes, até que estejam homogêneos.

    Transferir para uma bacia e acrescentar as farinhas, mexendo bem.

    Juntar o fermento e mexer.

    Colocar a massa obtida em forma pequena para pão untada e levar ao forno preaquecido a 210°C.

    Assar por cerca de 45 minutos, até que esteja corado.

    Furar com um palito o centro do pão, se sair limpo, está pronto!

  • Sim, nós temos banana!

    Ouro, prata, nanica, maçã, pacova, da terra… Só no Brasil, temos mais de 20 tipos de banana. É disparada a fruta que mais faz sucesso entre as crianças. Prática e saborosa, vai bem na lancheira e é uma opção para qualquer hora do dia.


  • • Rica em potássio, que ajuda a evitar câimbras
    • Fonte de energia para as atividades do dia a dia
    • Rica em serotonina, que melhora o humor e ajuda no sono


  • Amarela ou branca?

    Os alimentos de cor branca contêm vitaminas do complexo B e os flavonoides, que atuam na proteção das células. Auxiliam na produção de energia, no funcionamento do sistema nervoso e inibem o aparecimento de coágulos na circulação. No caso da banana, o que conta é parte de dentro, não a casca, então é considerada uma fruta branca. Outros alimentos brancos são: aipim, aipo, alho, alho-poró, atemoya, aspargo, cará, cebola, cogumelo, couve-flor, endívia, graviola, inhame, nabo, pera e pinha.


  • Como escolher

    Na hora de comprar ou colocar na lancheira, o melhor é escolher somente as bananas com bom aspecto e aroma característico. As melhores são as de casca amarela, com pequenas manchas marrons e de aspecto firme.


  • Banana para melhorar o humor

    A banana é rica em triptofano, um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro, juntamente com a vitamina B3, a niacina (ou niacinamida) e o magnésio, para produzir a serotonina, um neurotransmissor importante nos processos bioquímicos do sono e do humor. Por isso, uma banana pela manhã garante sua dose de bom humor pelo resto do dia.


  • Dor de cabeça? Dá-lhe banana

    A banana possui triptofano, um aminoácido utilizado pelo cérebro para produzir a serotonina, um neurotransmissor que está diretamente relacionado à melhora dos sintomas da dor de cabeça. Assim, a banana pode se tornar um preventivo às cefaleias.


  • Você sabia? A banana-da-terra, justamente a menos popular – e mais utilizada em pratos cozidos ou servida frita – é a mais rica em vitaminas A e C.


  • Para começar o dia com bastante energia! Bananas são frutas muito energéticas, com baixo teor de gordura e ricas em carboidratos, em vitaminas A, B1, B2, C e em vários minerais.


  • Controle da pressão sanguínea

    Por conter uma boa quantidade de potássio e pouco sal, a banana é um alimento ideal no combate à pressão alta, diminuindo a incidência de infartos. Segundo estudos, a fruta ajuda a reduzir o risco de ataques cardíacos.


  • Antídoto contra a pressão de ventre

    Quem sofre com o problema pode se beneficiar. Como ela é rica em fibras, deve ser consumida para normalizar a ação do intestino. A vantagem é que ela, em geral, dispensa o uso de laxantes.


  • Até a casca é boa!

    Elas representam os resíduos nutritivos, ricos em pectina — uma fonte de fibra. E possuem três vezes mais vitamina C, se comparadas com a banana em si, e têm duas vezes mais potássio. Podem ser picadas e refogadas para preparar bolos, doces e até hambúrguer. É possível preparar farinha com as cascas da banana e utilizá-la na elaboração de vários alimentos.


  • Banana ajuda a reduzir vontade de comer doces

    Alimentos ricos em triptofano ajudam na produção de serotonina e reduzem a ansiedade, o que melhora a vontade de comer doces. Banana, maçã, castanha, canela, aveia e feijão são ótimas fontes de triptofano.


  • Cuidado para não escorregar

    Apesar das vantagens da fruta, alguns grupos precisam ingeri-la com moderação. Entre eles estão as crianças e adolescentes com excesso de peso e os diabéticos. Isso porque a banana tem elevado índice glicêmico, ou seja, tem uma elevada carga de açúcar que demanda do corpo uma necessidade alta de insulina. Como o organismo de quem tem diabetes não consegue fornecer quantidade adequada de insulina, esse açúcar em excesso se transforma em gordura, que pode se acumular nas artérias. Quem sofre de insuficiência renal também deve evitar a banana por causa da grande quantidade de potássio. Mas, se seu filho não tem nenhum desses problemas de saúde, você pode oferecer banana para ele sempre que estiver disponível em casa.


  • Que tal começar a semana incluindo banana na lancheira?

    Confira cinco opções de lanches, uma para cada dia de aula, para quem está casa também poder seguir os bons exemplos e melhorar a alimentação da criançada. Esses lanches têm entre 215 a 280 calorias. E as quantidades podem variar conforme a necessidade de cada criança.

    Lanche 1

    1 pacote individual (30g) de biscoito integral com grãos de aveia;
    1 unidade de queijo processado UHT;
    1 banana.

    Lanche 2

    1 caixinha (200ml) de suco de laranja 100% natural, que pode ser substituído por suco natural em garrafa térmica;
    1 sanduíche com 2 fatias de pão integral com 1 colher de sobremesa rasa de creme de ricota e 1 colher de sobremesa rasa de geleia de frutas.

    Lanche 3

    1 fatia pequena de bolo simples;
    1 garrafinha (80ml) de leite fermentado ;
    1 fruta.

    Lanche 4

    1 garrafinha (180ml) de iogurte integral de morango;
    1/2 xícara (40g) de mix de cereais integrais (colocar em um saquinho para a criança misturar na hora);
    1/2 banana picada.

    Lanche 5

    1 caixinha (200ml) de suco de soja;
    4 cookies integrais;
    1 fruta.
    É importante que a criança sempre tenha disponível uma garrafinha com água, para manter-se hidratada ao longo do dia.


  • Receita de papinha de banana e pera

    Amassar uma banana pequena madura com um garfo, e com a ajuda de uma colher, raspar a polpa da metade de uma pera. Misturar tudo e pronto! Esta preparação é fonte de ferro, vitamina C, K e potássio. Ótimos nutrientes para fortalecer o sistema imunológico, combater os radicais livres e melhorar o sono.


  • Receita de smoothie funcional de banana

    Este smoothie é delicioso e saudável! A banana é rica em potássio, um mineral importante para a saúde do coração! As fibras presentes nas sementes auxiliam na redução do colesterol total, promovem a saciedade e melhoram o funcionamento do intestino. É uma ótima opção para lanchinhos da tarde ou para enriquecer o café da manhã.

    Ingredientes

    • 1 banana picada congelada
    • 1 colher de sopa de leite de coco orgânico
    • 1 colher de chá de chia
    • 1 colher de chá de stévia (opcional)
    • 1 colher de chá de amaranto em flocos
    • 2 castanhas-do-pará
    • 1/2 xícara de chá de abacaxi gelado
    • 1 (casca de abacaxi fervida em água)

    É fundamental pedir sempre a ajuda de um adulto ao fazer receitas.

  • Quer saber por que a Magali fica tão feliz depois de comer sua melancia? É porque essa fruta aumenta a imunidade, relaxa os vasos sanguíneos, alivia dores de cabeça, combate a irritabilidade, diminui o cansaço, melhora a atenção e ajuda a ter uma boa noite de sono. Muitos desses benefícios se devem ao fato de ela ser rica em eletrólitos naturais, que hidratam, além de cálcio, relacionado à qualidade do sono, e potássio, ligado à atenção.

  • - Composta por 90% de água, é um hidratante natural e delicioso.

    - É rica em ferro, magnésio, potássio, vitaminas A, B5 e B6, carotenoides e substâncias antioxidantes.

    - O magnésio, por exemplo, contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico e é importante para o desenvolvimento dos ossos e dentes.

  • Receita: Suco de bolinhas de frutas

    Ingredientes para 8 copos

    1/4 de melancia
    1/2 melão
    2 carambolas
    Suco de 8 laranjas
    Modo de preparo
    Com um boleador (utensílio para moldar bolinhas de frutas e vegetais), faça bolinhas de melancia e melão. Reserve. Lave a carambola, corte em fatias e retire as sementes.
    Disponha as frutas em copinhos e regue com o suco de laranja.

    Informação Nutricional (por porção)

    Calorias: 150 kcal
    Proteínas: 3 g
    Gorduras: 0,5 g
    Sódio: 7 mg
    Colesterol: 0 mg
    Carboidratos: 38 g
    Fibras: 0,9 g

  • Melancia: a força do vermelho

    O vermelho da fruta preferida da Magali é dado pelos carotenoides, substâncias antioxidantes, precursoras da vitamina A, essencial para os olhos, boa para o coração e para a memória. Também há o licopeno, presente no tomate, que previne câncer. Outros alimentos vermelhos: tomate, pimentão vermelho, morango, uva vermelha, cereja, melancia etc.

  • Festa da Magali: que tal um suquinho de melancia?

    Que tal servir sucos naturais na sua festa? Basta usar e abusar de produtos coloridos e saudáveis como cenoura, beterraba, laranja, manga, abacaxi, hortelã, gengibre e outras opções. A criançada pode se esbaldar ao se deparar com uma decoração chamativa até mesmo com o suco servido dentro da própria fruta, no caso do abacaxi ou da melancia.

A História da Comilona

  • Magali estreou na tirinha do Cebolinha de número 367, publicada na Folha de S. Paulo, no dia 11 de janeiro de 1964.

  • Magali foi inspirada na filha de Mauricio de Sousa de mesmo nome, que vivia comendo.

  • Desde a primeira aparição, Magali é amiga da Mônica. A amizade das duas cresceu tanto que acabaram se tornando melhores amigas.

  • Magali é filha do seu Carlito, que trabalha em uma construtora e é alérgico a pelos de gato, como você pode conferir no desenho “Regras e Exceções”, de 1999.

  • A mãe da Magali é a dona Lina, uma dona de casa que não se cansa de mimar a filha, mas não aprova seu apetite exagerado.

  • No mês de maio de 1970, Magali participou da primeira revista “Mônica e Sua Turma”, lançada pela editora Abril. Ela aparece como coadjuvante na história “O Soro da Invisibilidade”.

  • Em março de 1973, na revista número 3 do Cebolinha, participou como coadjuvante nas histórias “O Feio Adormecido” e “É Um Buraco Ao Contrário”. Participou também da primeira revista do Cascão, em agosto de 1982, na história “Uma Voltinha”.

  • Em janeiro de 1989, Magali pediu ajuda à Turma e publicou nas revistas dos outros personagens uma página de protesto, ameaçando uma “greve de fome” caso não tivesse sua própria revistinha.

  • A primeira revista da Magali foi publicada em fevereiro de 1989, pela editora Globo.

  • Já no primeiro número, os leitores conheceram um menininho que não gostava de comer. Era o Dudu, priminho da Magali, que aparece na HQ “Vizinhos Opostos”.

  • Na história “Minha Dona”, aparece o gatinho da Magali, que, naquela época, ainda não tinha nome.

  • Em março de 1989, surge um concurso pedindo aos leitores sugestões de nome para o felino, na história “Um Nome Para o Meu Gato”.

  • Na história “Alimentando uma Paixão”, publicada na edição número 3 da Magali, em abril de 1989, estreiam os personagens Tia Nena, doceira de mão cheia e tia-avó por parte de mãe, e Quindim, o Joaquim Oliveira Quindim, filho do dono da padaria, e namoradinho da Magali.

  • Na capa da edição número 6, de julho de 1989, Magali bate a Mônica. Mauricio explica num texto na revista: “Não houve uma briga entre as duas. É tudo simbólico, um fingimentozinho para dizer alguma coisa, uma informação. E a informação é que a revista da Magali, no mês de maio, vendeu mais que a revista da Mônica”. Foram mais de 500 mil exemplares.

  • Também na edição 6 da Magali saiu o resultado do concurso que deu o nome ao gatinho da Magali, na história “Enfim, um nome!”. O nome Mingau foi sugerido por 65 crianças de todo o Brasil, que participaram de uma festa com a presença do Mauricio.

  • Em 1991, saiu uma série de minigibis com histórias curtas, chamados de gibizinhos. Magali teve direito ao dela.

  • Em março de 1995, saiu o Almanaque Temático da Magali, com título de “A Comilona”.

  • Em 1996, saiu pela editora Globo, o Manual de Receitas da Magali.

  • Em 2001, saiu mais um livro infantil com a personagem:
    ''Oi, eu sou a Magali!''.

  • Em janeiro 2007, as revistas da Turma da Mônica passaram a ser publicadas pela Panini, uma das maiores editoras do mundo, e todas as revistas foram lançadas com o número 1 na capa, inclusive a da Magali.

  • Em agosto de 2008, chegou às bancas um dos maiores sucessos do quadrinho nacional, a Turma da Mônica Jovem, com os personagens em estilo mangá, entre eles, claro, a Magali, que reeducou seus hábitos alimentares.

  • Em abril de 2010, foi lançado “Magalice no País das Melancias”, parte da série Clássicos do Cinema.

  • Em novembro de 2011, saiu uma edição Magali Jovem especial, com a história “Coração e Garra”.

  • Em dezembro de 2012, na edição número 53 da Turma da Mônica Jovem, foi publicada a história “Tem um Gato no Meu café”, com a aventura completa da Magali.

  • Em junho de 2013, Magali ganha versão toy art dentro da série Mônica Toy. Ela aparece pela primeira vez no terceiro episódio, “Fofoquinhas” como coadjuvante. Magali toy é protagonista de “Nãnãnã”, o quinto episódio da primeira temporada da série.

  • Em 2014, como parte das comemorações dos 50 anos, Magali se transformou na embaixadora da alimentação equilibrada. Tendo a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) como fonte, a MSP desenvolveu uma versão lúdica da pirâmide alimentar.

  • Durante a Bienal Internacional do Livro de São Paulo de 2014, foi lançado o livro “Magali 50 anos”, pela Panini, com histórias clássicas.

  • Em janeiro de 2015, em homenagem ao seu aniversário, Magali ganhou um episódio especial dentro da série Mônica Toy, que pode ser assistido na íntegra no canal oficial da Turmada Mônica no YouTube.

  • Em março de 2015, Magali se uniu ao Meu Pratinho Saudável para uma ação com mães e pais, dando dicas de como tornar o lanche escolar mais equilibrado.

Evolução do Traço

Mais Diversão

  • Downloads

  • Tirinhas

  • Histórias em Quadrinhos

  • Histórias de Aniversário

  • Histórias Clássicas

  • Vídeos

Últimas Notícias

  • Em entrevista exclusiva, Magali revela que prefere Pizza a Mingau

    Filha de Mauricio de Sousa que inspirou a personagem diz que queria ter escolhido o nome da sua mascote nos quadrinhos




    Como parte das comemorações dos 50 anos da Magali, entrevistamos a inspiradora da personagem mais comilona do gibi, a Magali Spada, filha de Mauricio de Sousa. Mais conhecida por seu apetite do tamanho de uma melancia, a Magali foi inspirada na terceira filha do desenhista, que adora a fruta até hoje, embora diga que, na infância, sempre a dividia com amigos e primos. A personagem ganhou o estrelato na Folha da Manhã (atual Folha de S. Paulo) logo de início, juntando-se a Mônica, Cebolinha e Cascão, e ganhou revista própria em agosto de 1989. Hoje a personagem defende uma dieta equilibrada para poder comer bastante sem problema algum. Nesta entrevista exclusiva, a Magali de verdade conta que queria que o gatinho branco dos quadrinhos se chamasse Pizza, como um pet de verdade que ela teve quando era criança. Por mais que ela teimasse com o pai, não adiantou, porque, em março de 1989, surgiu um concurso pedindo que os leitores enviassem sugestões de nome para o bichano da Magali. O resultado saiu na edição número 6. O nome Mingau foi sugerido por 65 crianças de todo o Brasil, que participaram de uma festa com a presença do Mauricio de Sousa. Abaixo, a entrevista completa.

    A Mônica de verdade é brava mesmo?
    A Mônica realmente sempre foi brava! Sossegou um pouco depois de apanhar de uma vizinha mais forte. Eu não apanhava porque fazia tudo que ela mandava!

    Vocês são melhores amigas na vida real também?
    Ela é uma irmã de ouro. Além de irmã, uma amiga que todos gostariam de ter. Sei que minha vida seria sem a menor graça sem ela. Amo quando estamos juntas!

    Qual o seu vestido amarelo, aquela roupa que você usa sempre?
    Sempre tenho um vestido-uniforme. Aquele com que vou a todos os lugares. Antigamente era um azul comprido, mas dei uma engordada e agora tenho um preto-uniforme!

    É verdade que você comia uma melancia inteira quando era pequena?
    Acho que uma melancia inteira era difícil, porque sempre tive companhia para comer: irmãos, primos... mas sempre comia mais que todos!

    Que nome teria dado para o Mingau, se pudesse ter escolhido?
    Queria muito que o gato da Magali se chamasse Pizza. Por coincidência, eu tinha um gato branco com esse nome na época em que surgiu o Mingau. Teimei, mas não adiantou porque teve o concurso.

    Gosta de ser personagem?
    Adoro a Magali e amo ter sido sua inspiradora Acho que temos tudo a ver, só que ela é um pouco mais nova rsrsrs.

    Gostava de ser personagem quando era criança?
    Quando era pequena, ficava tímida ao me apresentarem como a Magali do gibi. Até desmentia quando minhas amigas contavam.

    Qual sua HQ preferida da Magali?
    A história preferida foi uma que fiz em homenagem a minha amada, querida e linda mãe no Dia das Mães!

    Qual o seu segredo para estar sempre magrinha mesmo comendo tanto?
    Não estou mais tããão magrinha, mas pelo tanto que como, sou até muito magra. Acho que minha ansiedade queima minhas calorias!

Mais Notícias